sábado, 22 de outubro de 2011

Anjo Negro

Olá pipow! =D

Continuo na labuta do meu livro (está na página 121). Fui experimentar fazer a edição do livro de acordo com as regras de edição rápida do clube de autores e o livro praticamente duplicou o número de páginas. Estava com 106 e ficou com 206. Fiquei assombrada 8O~

Nesse meio tempo, vi no blog da Ann Gominho (http://anngominho.blogspot.com/) sobre o lançamento de um livro independente em BH, o livro Anjo Negro. Fui ao lançamento do livro de autoria de Mallerey Cálgara, uma graça de pessoa. Escritora indepentende, mineira, aquariana como eu, carismática e muito educada, ela gentilmente respondeu a algumas perguntinhas informais que fiz para ela. Segue a entrevista e algumas fotos do livro.

Photobucket

Nome: Mallerey Cálgara
Quantas primaveras: 40


Contato com a autora:
Blog: http://livroanjonegro.blogspot.com

Booktrailer: http://www.youtube.com/watch?v=cMoVSN2guGA

Resenhas: http://www.skoob.com.br/livro/resenhas/187802

Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=114873319

Face: http://www.facebook.com/pages/ANJO-NEGRO/156843754392141?sk=info

Twitter: http://twitter.com/MallereyC


Conte um pouco sobre você.

Nasci no interior de Minas Gerais, Carmo do Cajuru, sob o signo de Aquário. Aos quatro anos mudei-me para Belo Horizonte,onde moro até hoje. Sou leitora voraz desde os cinco anos quando aprendi a ler com uma de minhas irmãs. Por volta dos meus nove anos, meu livro de paixão era O Pequeno Príncipe, de Antoine Saint-Exupéry, que considero ter marcado minha vida. Cursei a faculdade de psicologia e acrescentei em minha lista escritores consagrados como Dante, Sartre, Freud, dentre outros. Trabalhei na aviação alguns anos como comissária de bordo. Participo de projetos ligados a proteção de animais e mantenho em minha residência um abrigo para cães e gatos com minha filha. Sou possuidora de grande imaginação e fui incentivada por minha família a colocar no papel minhas ideias, de onde nasceram as obras de ficção Beco da Ilusão, O Segredo da Caveira de Cristal e Anjo Negro, sendo este último minha primeira publicação.


Anjo Negro é o seu primeiro livro?

Anjo Negro é o primeiro livro que publico, mas possuo mais dois livros prontos.


Conte um poucos sobre Anjo Negro.

Quando comecei a escrever o Anjo Negro, fiz muita pesquisa, porque queria uma história de anjos, mas não sobre os anjos, alguma coisa diferente. Então foquei minha pesquisa neste diferencial e acrescentei um pouco de mitologia grega, que também curto muito, um pouco de comédia e acontecimentos reais.

Não gosto de ler livros que tenha muito enrolação por isso não me peguei a ficar escrevendo muitos detalhes. Eu queria que o leitor criasse o seu próprio ambiente, que soltasse a sua imaginação dentro da minha história. Escolhi o século XVII como ponto de partida, coloquei alguns fatos reais acontecidos na época como o final da peste negra, a reconstrução da cidade de Londres, o incêndio na padaria, o Tsuname, a nevasca etc... Não quis colocar muitos detalhes dos lugares, como disse, se não tornaria um livro sobre Londres e os acontecimentos do século. Coloquei-os sutilmente no livro, e tenho certeza que passaram despercebidos para muitos. Foquei mesmo no drama de Darian e não no ambiente onde a história se passava, isso eu deixei com o leitor mesmo.


Como foi trabalhar no livro? De onde veio a inspiração?

Foi muito bom. Ao mesmo tempo que estamos escrevendo, vamos aprendendo também. Não sei lhe dizer ao certo de onde veio esta inspiração. Acordei com a ideia de que queria escrever um livro que falasse sobre anjos e comecei a pesquisar. Com o tempo, as ideias foram se encaixando e surgiu o Anjo Negro.


Conte sobre a luta para publicar um livro independente.

O mais difícil entre escrever e conseguir uma editora, é sem dúvida publicar o livro. Quando não se tem um nome e nem conhecidos você se torna mais um, e muitos nãos surgem, até a sorte bater a sua porta com alguém que realmente leu o seu trabalho, e lhe dá um voto de confiança. O mercado é muito grande, mas muito fechado, principalmente para os escritores brasileiros e que estão começando agora.


Mallerey, obrigada pela entrevista. Gostei de te conhecer um pouquinho melhor! Sua dedicatória no meu livro foi muito profunda, significou muito para mim. Já estou lendo Anjo Negro e estou gostando muito! Sucesso!

Galera, segue as fotos do livro e o vídeo de lançamento. No lançamento Mallerey gentilmente me deu uma lembrancinha muito legal, vejam abaixo!


Belo vídeo de lançamento!

Photobucket
Minha cópia!

Photobucket

Photobucket
Marcador de página.

Photobucket
Lembrancinha com fitinhas temáticas de acordo com o design das asas de Darian na capa.

Photobucket
A lembrancinha era uma latinha de balinhas! =D AMEI! PS.: Estavam deliciosas, comi tudo Mwohuohuohuo!!!

Photobucket
É "nóiz" na fita! :p

4 comentários:

  1. Muito obrigada pela sua presença em meu evento!!!
    Espero reencontrá-la em breve, mas desta vez no lançamento do seu.

    Bjusssss

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana! Fiquei com vontade de ler agora! A Mallerey parece ser uma fofa! E anjos no século XVII! Não tem como dar errado!!! Aguardando o livro, como sempre!

    ResponderExcluir
  3. Ah, que bacana, adorei a entrevista, a autora parece ser muito simpática. Nos últimos tempos vi varias resenhas sobre esse livro, sem dúvida quando minha fila de leitura diminuir irei lê-lo. Enfim, adorei o post :D

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  4. "Raposa" (:p), terminei de ler como informado no Skoob, se quiser te empresto =D

    Aline, a autora é mesmo muito simpática.

    Obrigada pelos comentários =D

    ResponderExcluir